Kokocast

Summer Wars – Número 01

5horas 29 de junho de 2012 Número 01, Resenha Nenhum Comentário
Summer Wars – Número 01

A sessão Número 01 está de volta!

O mangá Summer Wars é, na verdade, uma adaptação do filme animado homônimo criado pelo estúdio Madhouse — também responsável pelo bom A Garota que Conquistou o Tempo. O mangá conta com design de personagens de Yoshiyuki Sadamoto (famoso por Evangelion) e roteiro de Mamoru Hosoda (que cuidaram também do anime).

Arte: Iqura Sugimoto baseado no design de personagens de Yoshiyuki Sadamoto.
Roteiro: Mamoru Hosoda.
Preço: R$ 10,90
Editora: JBC Mangá

Sinopse:

Summer Wars é uma comédia romântica repleta de aventura que coloca um jovem tímido se passando por namorado da garota mais bonita da escola, ao mesmo tempo em que ele é acusado de ter causado o caos na rede social chamada Oz. Longe de sua casa, Kenji terá de lidar com sua falsa namorada e a família dela, ao mesmo tempo em que terá de encontrar o verdadeiro criminoso que transformou Oz em um caos.

O mangá caminha bem lentamente, mostrando a vida do protagonista, Kenji, um gênio da matemática de 17 anos que planejava passar o verão “trabalhando” na rede social Oz (que aparenta ser uma espécie de Second Life, se Second Life tivesse alguma relevância), mas é chamado para viajar com a bela Natsuki. Parece um excelente negócio para qualquer um, mas deve-se levar em conta que esse é um mangá de comédia romântica e que lá no Japão as regras são diferentes.

Ou é isso o que entendi, pois Kenji mostra certa relutância em trocar dois meses de videogame por dois meses com uma aluna veterana boazuda…

Dramas adolescentes à parte, o mangá tem um bom senso de timing, apresentando ao leitor os personagens com calma antes de colocar o problema em campo.

O anime foi super-premiado no exterior e as vendas da primeira edição do mangá (50.000 cópias) no Japão se esgotou nos primeiros dias, o que desperta um certo interesse. Apesar de nem a história nem o protagonista serem cativantes (pelo menos não me cativaram), a personagem Natsuki é bem interessante. Fugindo de diversos clichês dos mangás, ela é o que mantém o interesse na história. A desenhista Iqura Sugimoto faz um excelente trabalho gestual; Natsuki aje como um ser humano real.

Avaliação final:
Arte: Iqura Sugimoto é eficaz e foge de clichês e fan-services. Ponto pra ela. Só me incomoda essa mania de mangakás de desenharem só um dos olhos de personagens com óculos.
Roteiro: Parece ter muita coisa acontecendo pra pouco tempo (o mangá têm três volumes apenas), e apesar de não ser cativante, Mamoru Hosoda sabe deixar o leitor curioso.
Preço: R$ 10,90
Recomendado para: Adolescentes que curtem comédias românticas.
5 Horas, você vai comprar o volume 02? Já estou lendo.

Fiquem com o trailer do longa animado (cheio de spoilers, como todo bom trailer):

Like this Article? Share it!

About The Author

Leave A Response