Kokocast

Como talvez fazer tiras

5horas 14 de dezembro de 2012 News 10 Comentários
Como talvez fazer tiras

Já falamos algumas vezes por aqui de Ricardo Tokumoto, mais conhecido como Ryot, fenômeno das interwebs e famoso na comunidade de adolescentes de Vladvostok. E falamos também de seu projeto Ryotiras Omnibus (leia mais sobre isso aqui e aqui).

Pois bem, como parte das recompensas pra alguns dos apoiadores do projeto Ryotiras Omnibus, Tokumoto se propôs a produzir um fanzine de 32 páginas intitulado “Como Fazer Tiras Relativamente Engraçadas Quase Todos os Dias”. O fanzine que tem um nome curto estilo episódio de Dragon Ball Z, era uma das recompensas para pessoas que apoiaram a partir de determinado valor (R$ 35,00).

As pessoas que aguardam ansiosas por esse fanzine podem ficar tranquilas: as cópias físicas logo chegarão.

Os que não o fizeram jamais poderão colocar as mãos nesse verdadeiro tratado de publicação da nona arte. E por ter sido feito especialmente para os apoiadores da campanha no Catarse, Ricardo comprometeu-se com o selo de exclusividade. Trata-se de uma material único, comparado à Desvendando os Quadrinhos de Scott McCloud e Mangaká de Akira Toryama. Sério. Eu vi, eu sei.

Considerando a qualidade do material desenvolvido, no entanto, Tokumoto ficou inconformado. Mais pessoas precisavam ver isso. Mais gente tinha que ter acesso a esse material!

Eis o dilema: o que fazer quando tem-se a chave do sucesso e dinheiro em mãos, quando essas mãos estão atadas? Afinal, uma vez escrito na Internet, ninguém vai esquecer — regra 36. Somente os felizes investidores que pensaram à frente poderão tocar tal obra… certo?

Acontece que a exclusividade supracitada refere-se apenas às cópias físicas do fanzine. Em outras palavras, O SCAN ESTÁ LIBERADO!!!

Leia as palavras do próprio Ricardo:

Esse fanzine é uma recompensa exclusiva, ou seja, só vocês terão acesso à esse conteúdo pelas minhas mãos, conforme prometido.
 
Mas eu adoraria que mais gente além de vocês também pudessem ver. Se vocês gostarem do zine, enviem pra outras pessoas. Cabe a cada um de vocês compartilhar ou não. Fiquem a vontade pra espalhar essa versão digital pros sete cantos do mundo. É natal, vamos deixar o egoísmo de lado :P

Então, feliz Natal! Clique aqui e leia em formato .pdf 

Adendo: Devido a uma pequena discussão relativa ao preço nos comentários, fica aqui uma correção.  Os investidores que participaram com mais de R$ 35,00 não receberam apenas o “Como Fazer Tiras Relativamente Engraçadas Quase Todos os Dias”. O investimento dava direito ao pacote que incluia:

  • O livro de 248 paginas coloridas;
  • 2 fanzines;
  • Postais;
  • Adesivos e;
  • frete.

 

Like this Article? Share it!

About The Author

10 Comments

  1. Jonas Felix 15 de dezembro de 2012 at 16:41

    que show = )

    vlw pela dica.

  2. Ivan 20 de fevereiro de 2013 at 3:35

    35 pilas ? xD por isso que comic não vai p frente, sempre querem meter a mão!

    • barbamagnetica 21 de fevereiro de 2013 at 21:38

      E quanto vc acha que seria um preço justo, Ivan?

    • Ryot 2 de março de 2013 at 16:05

      tem que deixar claro que foram 35 reais pelo livro de 248 paginas coloridas + 2 fanzines, postais e adesivos + frete. se esse Ivan achar algo mais barato q isso e argumetnar bem q o preço meu ta caro eu dou pra ele tudo isso de graça.

      • barbamagnetica 4 de março de 2013 at 2:06

        Seu contra-argumento vale todo o pacote do Ryot na faixa, Ivan.
        Pense com cuidado :D

      • 5horas 11 de março de 2013 at 23:36

        Tá corrigido, Ryot!

    • Fernanda Nia 20 de dezembro de 2013 at 13:03

      Ivan, na época em que foi lançado, o Ryot fez um post no tumblr dele comentando cada custozinho para a produção desse livro, e em como ele havia saído no prejuízo no final. A verdade é que o mercado é muito complicado para o quadrinista independente, e por isso eles precisam do nosso apoio.

  3. Felipe 21 de dezembro de 2013 at 0:12

    Cobra 0,50 e entrega 30 folhas desenhadas a lápis no sulfite, dobradas e grampeadas p/ ver se o Ivan gosta. Ivan, seu pirulito!

Leave A Response